Startup Menhir Financial vence a 5.ª edição do Cuatrecasas Acelera

25 de Fevereiro de 2021

O Cuatrecasas Acelera, o programa de aceleração de projetos baseados em legaltech e de elevada complexidade jurídica da Cuatrecasas, encerrou ontem a 5.ª edição com a celebração do Demo Day. Após quatro meses de trabalho, as startups participantes no programa de aceleração e no programa de Fast Track apresentaram os seus projetos num pitch e numa demo perante um júri formado pelos principais investidores e agentes do ecossistema empreendedor de Espanha. A sessão, celebrada online este ano – assim como todas as fases do programa -, reuniu mais de uma centena de assistentes.

A aceleradora colocou em foco nesta edição tecnologias ligadas à Inteligência Artificial e Big Data. Os projetos selecionados incluem propostas de soluções inovadoras para a advocacia de negócios (legaltech) e projetos de base tecnológica e elevada complexidade jurídica fintech e deeptech. As startups receberam o apoio de uma equipa de mais de 40 advogados da Cuatrecasas e seus mentores jurídicos: Elisenda Baldris, Álvaro Bourkaib, Jorge Canta, Jorge Mónclus, Diana Rivera e Alejandro Negro. Os empreendedores receberam assessoria jurídica integral de todas as áreas da Cuatrecasas, o que foi complementado e coordenado com a assessoria de negócio.

A startup vencedora, Menhir Financial, é uma plataforma que trabalha com bancos, fundos e servicers para entender como distribuir de maneira mais eficiente os NPLs e assim maximizar o rendimento destes ativos. Para além disso, desenvolveu uma série de modelos baseados en Inteligência Artificial que compreendem a forma pela qual os empréstimos garantidos são recuperados e, mediante uma valoração do intangível, desenha um plano de recuperação ideal para uma carteira.

Na sua deliberação, o júri teve em conta o grau de inovação, a equipa, a viabilidade do negócio e a sua escalabilidade. Integraram este grupo de especialistas Rafael Fontana, presidente da Cuatrecasas; Isabel Gandoy, sócia da Cuatrecasas; Francesc Muñoz, CIO da Cuatrecasas; Alberto Gómez, managing partner da Adara Ventures; David Pascual, membro do conselho consultivo da Gellify; Albert Torruella, responsável de Corporate Venturing na ACCIÓ; e Sergio Esteve de Miguel, co-fundador e CMO da Bigle Legal (startup alumni, da 1.ª edição).

Francesc Muñoz, CIO da Cuatrecasas e impulsionador do Cuatrecasas Acelera, assegurou que o programa de aceleração enfrenta maiores desafios a cada edição. “A maturidade das startups aumenta a cada ano e crescem também os desafios que nos colocam, o que nos incentiva a seguir crescendo e melhorando o programa”.

Alba Molina, Innovation Project Manager da Cuatrecasas, afirmou que a Cuatrecasas consolidou a sua estratégia de Corporate Venturing e cumpriu os seus objetivos: “Sentimo-nos satisfeitos porque, ao longo destes cinco anos, a Cuatrecasas evoluiu constantemente para desenvolver as suas iniciativas e adaptar as suas ações aos desafios da firma e do sector, assim como às necessidades das startups, seus clientes e da sociedade. Estamos convencidos de que iremos continuar a fazê-lo”. Para além disso, acrescentou que a consolidação de qualquer nova tecnologia, modelo de negócio ou solução disruptiva carrega sempre uma alta dependência regulatória, independentemente do sector no qual opere: “Por isso, é primordial acompanhar estes projetos desde as etapas mais iniciais com uma assessoria transversal, entendendo e trabalhando todos os seus desafios com grandes profissionais”.

Rafael Fontana, presidente da Cuatrecasas, encerrou o Demo Day assegurando que, graças a este programa, todas as partes implicadas aprendem e evoluem. Recordou também que o Cuatrecasas Acelera terá mais edições e que é uma honra para a firma poder ajudar as startups.

As 32 startups que participaram até este momento no programa de aceleração do Cuatrecasas Acelera conseguiram mais de €21 milhões de financiamento. Através do Cuatrecasas Ventures, a firma manteve o apoio a cinco startups além dos seus programas de aceleração e de Fast Track, e participou em quatro follow-on.

Para além de consolidar a sua estratégia de Corporate Venturing, os seus programas de aceleração e de Fast Track e Cuatrecasas Ventures, nos últimos anos a Cuatrecasas apoiou outras iniciativas, como as jornadas da inovação em diferentes universidades em Espanha e noutros países e missões de scouting para conhecer o ecossistema de startups legaltech de outros países.

 

Startups participantes no programa de aceleração:

PARALLEL (LegalTech): Plataforma que ajuda a obter documentos e as respostas de clientes a tempo e sem cadeia de emails. O seu desenho simples agiliza os fluxos de trabalho e o intercâmbio de documentação de uma forma organizada.

MYDATAMOOD (Legaltech): Startup nascida com o objetivo de revolucionar o ecossistema da gestão e monetização de dados pessoais (de contacto) que as empresas necessitam para o desenvolvimento dos seus planos comerciais, da gestão de clientes e das suas estratégias de marketing.

LENDMARKET (Fintech): Primeira plataforma em Espanha do Mercado Secundário de Dívida Corporativa.

MENHIR FINANCIAL (Fintech): Plataforma que trabalha com bancos, fundos e servicers para entender como distribuir de forma mais eficiente os NPLs e assim maximizar o rendimento destes ativos. Para além disso, desenvolveu um conjunto de modelos baseados em Inteligência Artificial que compreendem a forma pela qual os empréstimos garantidos são recuperados e, mediante uma valoração do intangível, desenha um plano de recuperação ideal para uma carteira.

ALL READ MACHINE (Deeptech): Empresa que desenvolve soluções baseadas em deep learning para detetar e digitalizar textos, códigos e símbolos em redes de fornecimento.

BIOMETRICVOX (Legaltech): Startup de tecnologia aplicada, centrada no desenvolvimento de sistemas de software complexos baseados em Inteligência Artificial, que giram em torno da biometria de voz.

 

Startups participantes no programa Fast Track:

TIQ TIME (Legaltech): Plataforma que ajuda os advogados a criar registos de tempo automatizados e uniformes com um complemento para Microsoft Office e sistemas de gestão de documentos. O software regista o tempo empregue em atividades como redação de documentos, emails, reuniões e chamadas telefónicas. A TIQ Time utiliza estes dados para criar planos de tempo padronizados e de qualidade, com entradas de tempo uniformes que poderão ser validadas pelos advogados.

PARALLEL (Legaltech): Plataforma que ajuda a obter os documentos e as respostas de clientes a tempo e sem cadeias de emails. O seu desenho simples agiliza os fluxos de trabalho e o intercâmbio de documentação de uma forma organizada.

 

Sobre o Cuatrecasas Acelera

A aceleradora de startups legaltech e de alta complexidade jurídica da sociedade de advogados Cuatrecasas procura os melhores talentos entre projetos europeus com grande potencial, para impulsioná-los através de um programa de aceleração de quatro meses e prestar-lhes apoio jurídico, de negócio e tecnológico, assim como acesso a clientes e a financiamento. Os projetos ganhadores das anteriores edições do programa foram: a startup bancária e financeira TOQIO (4.ª edição), a aplicação de certificados baseada en tecnologia blockchain BlockTac (3.ª edição), a plataforma de assinatura eletrónica Validated ID (2.ª edição) e a plataforma FinTech TheLogicValue (1.ª edição).

Ao mesmo tempo, o programa Fast Track do Cuatrecasas Acelera seleciona em cada edição duas startups legaltech ou tecnológicas de maior maturidade e ajuda a desenvolver um “caso de uso”, com o objetivo de permitir às empresas conhecer e validar a viabilidade das suas iniciativas num contexto profissional real.

Web Cuatrecasas Acelera: https://acelera.cuatrecasas.com

Partilhar: 
Notícias relacionadas