Líderes de empresas em Portugal unem-se por uma sociedade mais justa e igualitária

Cuatrecasas é membro fundador do fórum "Líderes pela Igualdade"
Líderes de empresas em Portugal unem-se por uma sociedade mais justa e igualitária
22 de fevereiro de 2022

A duas semanas do Dia Internacional da Mulher, líderes de nove grandes empresas em Portugal juntam-se para criar o fórum ‘Líderes pela Igualdade’, com a ambição de inspirar e agir em prol de uma sociedade mais justa e igualitária. A união – que nasce da afinidade com os valores e iniciativas relacionadas com igualdade, diversidade e inclusão que estas empresas partilham – pretende ser um grupo de discussão e reflexão através de reuniões regulares, presenciais e digitais, entre outras ações futuras.

Apesar do progresso global verificado nos últimos anos, muitas pessoas continuam a ser discriminadas com base nas suas características pessoais e encontram-se em posição de desvantagem devido ao seu género, etnia, nacionalidade, idade ou orientação sexual. Foi com este desafio em mente, que líderes de nove empresas, que acreditam nos benefícios sociais e empresariais da Diversidade, Igualdade e Inclusão, se juntaram para aprender em conjunto, estimular e promover uma mudança positiva em Portugal.

Neste grupo de trabalho estão presentes José Gonçalves (Accenture), Filipa Leite de Castro (Argo Partners), Miguel Almeida (Cisco), Maria João Ricou (Cuatrecasas), Vera Pinto Pereira (EDP), Nuno Luz (FNAC), Helen Duphorn (IKEA), Rodrigo Simões de Almeida (Mercer) e Paulo Câmara (Sérvulo & Associados).

O fórum “Líderes pela Igualdade” irá focar o seu trabalho na criação de um movimento que procura contribuir para locais de trabalho e lideranças tão diversos quanto a sociedade em que se inserem, e tão inclusivos quanto o mundo deveria ser.

“Na Accenture acreditamos que uma cultura de igualdade é essencial para criar um sentimento de pertença e garantir que todos os colaboradores conseguem prosperar e encontrar a felicidade no local de trabalho. Orgulhamo-nos de ter antecipado a importância de temas como a igualdade de género e a diversidade, assumindo compromissos com objetivos concretos, como a paridade de género até 2025, não apenas por uma questão de direitos humanos, mas também de valores corporativos e de imperativo de negócio. É um fator-chave para o sucesso, criatividade e capacidade de inovação da empresa, e um reflexo da sociedade em que estamos inseridos. É para nós um privilégio poder participar neste fórum com algumas das grandes empresas em Portugal, que partilham connosco esta motivação de inspirar o nosso país na sua jornada para a igualdade em todos os seus âmbitos”, refere José Gonçalves, CEO da Accenture.

“A Argo Partners tem participado de perto e, desde sempre, com várias Associações que promovem a diversidade e inclusão. Como parceiros da Associação Salvador, Stand4Good e mais recentemente do ICF (Inclusive Community Forum) temos ajudado a sensibilizar os nossos clientes em relação ao valor acrescentado que pode trazer às suas equipas serem mais heterogéneas. Enquanto empresa de Consultoria na área de Recursos Humanos, temos assistido a uma preocupação crescente com o tema da Diversidade, Igualdade e Inclusão e também procurado servir de barómetro de mercado na partilha de alguns exemplos de sucesso e boas práticas. O convite feito pela Helen Duphorn para participar neste forúm foi mais uma oportunidade para a Argo Partners enriquecer as suas perspetivas e continuar a contribuir para um mercado de trabalho mais inclusivo”, refere Filipa Leite de Castro, partner da Argo Partners.

“Na Cisco, somos guiados pelo nosso propósito de impulsionar um Futuro mais Sustentável e Inclusivo para Todos. É fundamental acabar com quaisquer barreiras à inclusão, multiplicar o impacto da liderança inclusiva e promover a equidade. Isto significa construir um ambiente de trabalho onde há respeito pelas diferenças”, refere Miguel Almeida, CEO da Cisco.

“Na Cuatrecasas, estamos plenamente comprometidos com os valores da Diversidade e Inclusão e implementámos políticas específicas e medidas concretas tendentes a promover a igualdade de género. Foi, por isso, com muito entusiasmo e orgulho que aceitei o convite da Helen Duphorn, líder da IKEA que teve o mérito desta iniciativa, para integrar este grupo de líderes empresariais, com o intuito de criarmos uma plataforma que contribua para uma maior sensibilização das instituições e organizações em geral, através da promoção do debate de ideias e da partilha de experiências e soluções, em prol de uma sociedade mais justa e equitativa”, declara Maria João Ricou, Managing Partner da Cuatrecasas em Portugal.

“Enquanto líderes, temos a responsabilidade de criar um momento de viragem na forma como gerimos as nossas empresas e as nossas pessoas. Empresas, como a EDP, que apostam na diversidade, igualdade, e inclusão são mais resilientes, inovadoras e competitivas e o seu exemplo inspira e contribui para uma sociedade mais justa, onde todos têm igual acesso às oportunidades. Ao promover a partilha de melhores práticas e abrir espaço à reflexão e ao debate de soluções, este fórum vai certamente ser uma importante alavanca de mudança”, comenta Vera Pinto Pereira, Membro do Conselho de Administração Executivo EDP.

“Valores como a igualdade e o respeito estão intrínsecos no ADN da marca FNAC e, por essa razão, faz-nos todo o sentido fazer parte deste grupo de trabalho que visa promover uma sociedade mais justa no mercado de trabalho. Acreditamos que o nosso posicionamento de ´cultivar a diferença´veio reforçar junto dos nossos clientes o trabalho que temos vindo a desenvolver dentro de casa. Exemplo disso é a política de inclusão que temos em curso para a integração de pessoas com incapacidades para a qual temos uma grande ambição de crescimento. Enquanto marca reconhecida no mercado, é nossa missão dar o exemplo e continuar a incentivar outras empresas a fazer o mesmo”, comenta Nuno Luz, CEO da FNAC.

“É com um grande sentido de responsabilidade e orgulho que damos a conhecer este fórum de trabalho entre pares que se preocupam com a Igualdade nos seus locais de trabalho e na sociedade em geral. É fundamental trazermos o tema da Diversidade e Inclusão para cima da mesa e alargar este debate, em prol de uma sociedade mais justa e igualitária. Este trabalho em rede é de imensa importância para mim, enquanto líder, e espero que também possa inspirar outras organizações a juntarem-se ao movimento e a terminar, por exemplo, com as diferenças salariais entre homens e mulheres em Portugal” afirma Helen Duphorn, CEO da IKEA Portugal.

“É um orgulho enorme para a Mercer pertencer a este fórum “Líderes pela Igualdade” que, certamente, vai contribuir para uma evolução da nossa sociedade. Ao longo dos últimos anos, temos implementado políticas que eliminem a desigualdade salarial e promovam a equidade, e trabalhado para eliminar qualquer tipo de discriminação, promovendo uma cultura muito inclusiva. Além dos esforços na nossa empresa, que são transversais ao Grupo MarshMclennan, e conscientes do nosso papel, temos desenvolvido vários estudos de mercado que ajudam as organizações a trabalhar neste tema que, infelizmente, ainda existe. Neste contexto, fazer parte deste Fórum faz todo o sentido e é muito bom ver que começamos a ter uma estrutura para começar a ter alguma influência positiva na nossa sociedade” acrescenta Rodrigo Simões de Almeida, CEO da Mercer Portugal.

“A Sérvulo & Associados abraçou de imediato a iniciativa do fórum ‘Líderes pela Igualdade’. A Igualdade é um ativo a ter em conta pelas empresas, uma ferramenta de produtividade, de inovação e que traz ganhos. É preciso gerar ambientes inclusivos que favoreçam a diversidade. Sabemos que pessoas diferentes são capazes de identificar nas organizações desafios, riscos e soluções também diferentes. Temos implementado inúmeras medidas de inclusão, nomeadamente medidas de neutralização, incluindo a não redução pro rata de prémios de desempenho do/as advogados/as em razão de ausências prolongadas por parentalidade. Saudamos e revemo-nos em iniciativas como esta, que tomam a dianteira em temas sociais de extrema relevância para o progresso da sociedade civil”, destaca Paulo Câmara, Managing Partner da Sérvulo & Associados.

22 de fevereiro de 2022